Vila Nova x Ponte Preta – Tigre em busca da primeira vitória na Série B 2019

Três dias após a trágica eliminação na Copa do Brasil para o Juventude, o Vila Nova volta ao Serra Dourada. Desta vez, o jogo é válido pela Série B, onde o time comandado por Eduardo Baptista ocupa a décima terceira posição com apenas um ponto conquistado. Diante da Ponte Preta, o Tigre tentará sua primeira vitória na competição nacional.

Em situação parecida na competição, colorados e alvinegros ocupam, respectivamente, a décima terceira e a décima sexta posição na tabela. Ambos conquistaram apenas um ponto.

Para o jogo desta sexta-feira (10), Eduardo Baptista deve escalar um Vila Nova com novidades. Recém-contratado pelo Tigrão, o experiente zagueiro Diego Jussani deve fazer sua estreia com a camisa colorada. Patrick William deve ser sacado do time titular. O volante Ramon, que não atuou contra o Juventude, deve começar jogando. Quem também deve aparecer entre os titulares é o atacante Bruno Mota, que ganha a vaga de Rafael Silva, que não terá seu contrato renovado e não deve ser mais utilizado.

Pelo lado da Macaca, o técnico Jorginho não deu nenhuma pista sobre o provável time titular. O certo é que a escalação será bem diferente da que iniciou a partida contra o Criciúma. Durante a semana, os atletas Igor Henrique, Luis Ricardo, Júlio César e Renato Kayzer deixaram o clube. Quem também está fora é o meia Rafael Longuine, que se recupera de lesão. André Castro, com um trauma no joelho direito, completa a lista dos desfalques.

Vila Nova e Ponte Preta já se enfrentaram em 19 oportunidades. Com 11 vitórias, a vantagem do confronto é da Macaca. O Tigre venceu apenas três vezes. Houveram ainda outros cinco empates. No último duelo, válido pela Série B do ano passado, 1 a 1 no Moisés Lucarelli.

ESCALAÇÕES:

VILA NOVA: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Philipe Maia e Hélder; Joseph, Ramon e Alan Mineiro; Capixaba, Bruno Mota e Gustavo Silva. Técnico: Eduardo Baptista

PONTE PRETA: Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Abner; Edson, Gerson Magrão e Matheus Vargas; Alex Maranhão (Giovanni ou Gabriel), Matheus Oliveira e Facundo Batista. Técnico: Jorginho




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.