[VÍDEO] Polícia investiga agressão contra mulher em elevador, em Valparaíso

A Polícia Civil (PC) começou a investigar um novo caso de agressão contra mulher, que aconteceu dentro de um elevador, em Valparaíso de Goiás, no entorno do Distrito Federal. O crime foi registrado por câmeras de segurança. Pelas imagens, é possível ver quando o homem e a mulher entram no elevador e quando as portas se fecham o suspeito começa a agredir a vítima com socos, tapas e puxões de cabelo. O caso aconteceu no último sábado (29), mas até terça-feira (01), a moça que aparece nas imagens não prestou queixa contra o agressor. A delegada Isis Leal da Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher (Deam) já começou a apurar o caso e deve ouvir algumas pessoas essa semana.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Homem esmurra mulher dentro de elevador, em Valparaíso . A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar mais uma agressão a mulher em Goiás. Desta vez, em Valparaíso de Goiás, uma mulher foi esmurrada, empurrada, e teve os cabelos puxados por um homem que seria o próprio marido. O caso aconteceu no dia 29 de dezembro passado, e foi registrado por câmeras de monitoramento de um elevador do condomínio onde o casal mora, no Parque das Cachoeiras, em Valparaíso de Goiás. Não foi feita denúncia do caso em delegacia. . Apesar de não haver sido feita queixa de crime cometido, conforme a Polícia Civil, há determinação para que o caso seja apurado e investigado criminalmente pela delegacia. Segundo a TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo em Goiás, o caso está sob responsabilidade da Delegacia Especializada no Atendimento da Mulher (Deam). A delegada Ísis Leal, segundo a emissora, confirmou que a PC-GO não recebeu denúncias do fato, mas que ele será apurado porque a agressão à mulher é uma ação incondicionada — não depende que a vítima relate o que sofreu. . Moradores denunciaram que o fato aconteceu no dia 29/12, e que, segundo a emissora de TV, o casal de moradores se mudou há pouco tempo. A vizinhança disse à polícia de que não existem informações de como é a relação entre eles. . Nas imagens, o homem aparece dentro do elevador do prédeio residencial, e está com uma lata de cerveja na mão. A porta se abre, em seguida, em um dos andares, e a mulher está na porta, quando é puxada pelos cabelos para dentro do elevador. Em seguida, é esmurrada, empurrada e sacudida várias vezes.

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.