Vasco sofre, mas vence o Goiás no Serra Dourada e se afasta do Z4

O Vasco fez um bom primeiro tempo e garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Goiás na noite deste domingo, no Serra Dourada, em Goiânia. Marcos Júnior fez o único gol do jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória após dois empates seguidos voltou a afastar a equipe de São Januário da Zona do Rebaixamento. Agora com 17 pontos, o Vasco pode encerrar a rodada na 14ª colocação, dependendo do resultado de Fortaleza e CSA, que jogam nesta segunda em Maceió.

Também com a posição ameaçada, o Goiás dorme na 12ª colocação, com 17 pontos. A equipe goiana, que estreou o técnico Ney Franco neste domingo, não vence desde o dia 13 de junho, quando superou o Athletico Paranaense por 2 a 1, em Goiânia.

O Vasco volta a campo no próximo sábado, em busca de mais uma vitória que permita que a equipe sonhe com voos mais altos no Brasileirão. A equipe de São Januário mandará o clássico diante do Flamengo pela 15ª rodada do Campeonato em Brasília, no estádio Mané Garrincha. No domingo, o Goiás visita o Bahia na Fonte Nova, em Salvador.

O Jogo – O Vasco foi ao Serra Dourada com uma proposta de jogo cautelosa. Mesmo com o retrospecto ruim do Goiás, que vem de quatro partidas sem vitória e duas goleadas por 6 a 1 contra Flamengo e Santos, Vanderlei Luxemburgo posicionou sua equipe marcando atrás da linha da bola e partindo em velocidade nos contra-ataques.

O Goiás chegou a dominar as ações no início do confronto, mas o Vasco, jogando com intensidade e velocidade, passou a controlar a partida.

Aos 17, Talles Magno recebeu livre na esquerda, partiu em direção a área, cortou para o meio e soltou um belo chute no canto esquerdo. Tadeu acompanhou e a bola saiu pela linha de fundo, bem perto da trave.

Quatro minutos depois, Raul avançou pela direita e cruzou a meia altura em direção à área. A defesa não cortou, Pikachu fez o corta luz, e a bola chegou em Marcos Júnior. Livre na entrada da área pelo meio, o volante dominou, escolheou o canto, e bateu rasteiro para abrir o placar no Serra Dourada.

O gol desarrumou o Goiás, que não conseguia levar perigo ao gol cruz-maltino. O Vasco, por sua vez, seguia melhor em campo e brigando por cada bola com grande intensidade. O Verdão só levou perigo nos acréscimos da primeira etapa numa escapada do atacante Kayke. O artilheiro goiano roubou a bola na intermediária, avançou pelo meio e mandou um balaço de canhota, mas a bola subiu e passou por cima do travessão.

A segunda etapa viu um Goiás mais ativo e controlando a posse de bola. A equipe esmeraldina, porém, tinha muita dificuldade na criação e pouco perigo levou à meta de Fernando Miguel. A entrada de Rafinha no lugar do discreto Leandro Barcia deu novo dinamismo ao ataque goiano, que passou a pressionar mais o Vasco em seu campo.

Como tem acontecido com frequência, o ritmo de jogo do Vasco caiu bastante após a metade do segundo tempo.

Aos 24, o atacante Michael fez jogada individual e tentou o chute de fora da área. Ele acertou o canto, mas Fernando Miguel fez a defesa.

O Goiás chegou com perigo aos 38. Cruzamento da direita e Rafael Moura ganhou de Fernando Miguel pelo alto, mas a bola saiu por cima do gol.

No final o Goiás pressionou como pode, mas deixou a defesa aberta. Em chute de Cáceres após presente da defesa do Goiás, o Vasco quase chegou ao segundo, mas Tadeu fez grande defesa, aos 48.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS-GO 0 X 1 VASCO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 11 de agosto de 2019, domingo
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões Amarelos: Léo Sena, Geovane, Kayke (Goiás); Marcos Jr, Lucas Mineiro, Marrony, Yago Pikachu (Vasco)
Cartão Vermelho: Marrony (Vasco)
Gols:
VASCO: Marcos Jr, aos 21 min do 1º tempo

GOIÁS: Tadeu, Daniel Guedes (Kevin), Fábio Sanchez, Yago e Jefferson; Geovane (Rafael MouraGoiás
Rafael Moura), Léo Sena e Giovanni Augusto; Barcia (Rafinha), Michael e Kayke
Técnico: Ney Franco

VASCO: Fernando Miguel, Cáceres, Osvaldo Henríquez, Leandro Castán e Henrique; Richard (Fellipe Bastos), Raul e Marcos Júnior (Lucas Mineiro); Yago Pikachu, Talles Magno (Lucas Santos) e Marrony
Técnico: Vanderlei Luxemburgo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.