Suspeito de dar ‘mata-leão’ em namorada divide cela com 21 agressores

O personal trainer Eder Rony Silva Lima, de 24 anos, suspeito de ter agredido a namorada e de ter atirado contra policiais no Centro de Juara, a 690 km de Cuiabá, Mato Grosso, foi encaminhado para a cadeia pública municipal no sábado (9). De acordo com o G1, ele divide cela com 21 homens acusados de agressão contra mulheres.

O delegado Carlos Henrique Engelmann ouviu o suspeito. Ele confessou o crime e alega que “perdeu a cabeça”.

Segundo a reportagem, testemunhas chamaram a polícia depois que viram Eder agredindo a namorada na frente de um lava a jato. Ele foi encontrado em uma casa e atirou na direção dos policiais militares assim que eles apareceram no local.

Eder entregou a arma para a polícia após uma hora e meia de negociações.

Em depoimento, o suspeito disse que estava com a arma depois que a namorada disse que terminaria com ele. Ele alegou que “perdeu a cabeça naquele momento”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.