STJ manda soltar 8 funcionários da Vale presos após Brumadinho

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Nefi Cordeiro, em decisão proferida nesta quarta-feira (27), mandou soltar oito funcionários da mineradora Vale que estavam presos desde o último dia 15. As informações são do UOL.

Os funcionários são investigados por conta de supostas responsabilidades no rompimento da barragem 1 da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG), que deixou até o momento pelo menos 180 pessoas mortas e 130 desaparecidos.

O ministro disse que não há risco de os presos interferirem nas investigações, o que justificaria estender a prisão preventiva. Então, ele concedeu liminar – decisão provisória – para a libertação das seguintes pessoas:

Alexandre de Paula Campanha

Joaquim Pedro Toledo

Renzo Albieiri Guimarães Carvalho

Cristina Heloiza da Silva Malheiros

Artur Bastos Ribeiro

Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araújo

Felipe Figueiredo Rocha

Hélio Márcio Lopes da Cerqueira




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.