Senador pede a PF para investigar se Jean Wyllys vendeu mandato de deputado

A suspeita é que Jean Wyllys teria vendido o mandato de deputado para o suplente David Miranda

O senador Jose Medeiros (Podemos/MT) afirmou em seu Twitter que pediu à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Federal (MPF) que investiguem a suspeita de que Jean Wyllys (PSOL/RJ) vendeu seu mandato.

De acordo com o senador, a solicitação incluiu o pedido para que sejam ouvidos o suplente, David Miranda (PSOL/RJ), e seu cônjuge, o jornalista David Greenwald do “Intercept”.

Grreenwald é aquele do site americano Intercept que foi responsável por “vender” a imagem no exterior de havia um golpe contra o PT no Brasil em 2016. O intercept publicou matéria afirmando que “as corporações de mídia” do Brasil agiram como “organizadoras de protestos” contra a então presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na matéria, a grande imprensa do Brasil foi classificada ainda como “máquinas de relações públicas de partidos de oposição”. O Intercept pontuou que perfis pessoais de jornalistas da Rede Globo no Twitter exibiam uma “incessante agitação anti-PT”.

O senador José Medeiros também reforçou o pedido de investigação das supostas ameaças a Jean Wyllys.

 

Confira o tweet do senador José Medeiros anunciando que pediu à PF investigação de venda de mandato!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.