Roqueiro é encontrado morto após acusação de abuso sexual

Com uma missa fúnebre e homenagens de familiares e amigos, o músico e compositor Armando Vega Gil, fundador e baixista da banda de rock Botellita de Jerez, foi sepultado, nesta terça-feira (2), no município de Naucalpan, no México.

Ele foi encontrado morto, na última segunda (1º), em sua casa, na Cidade do México, após ter sido acusado de assédio sexual. Antes, ele postou um bilhete no Twitter. “Não culpem ninguém pela minha morte: é um suicídio, uma decisão voluntária, consciente, livre e pessoal”, escreveu, para em seguida usar a hashtag “Me Too Músicos Mexicanos”, em referência ao movimento que denuncia violência sexual.

“Eu o direi categoricamente, esta acusação é falsa”, disse ele, alvo de denúncia anônima dando conta de que ele havia abusado sexualmente de uma adolescente de 13 anos.

“Quero deixar claro que minha morte não é uma confissão de culpa, pelo contrário, é uma declaração radical de minha inocência. Só quero limpar o caminho que meu filho percorrerá no futuro”, postou.

Fonte: Notícias ao Minuto




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.