Reitor do Santuário de Muquém, padre Aldemir Franzin agradece Marconi e Zé Eliton pela construção da Rodovia dos Romeiros

“O governo estadual determinou a conclusão da obra em 10 meses e aqui está ela pronta”, disse o reitor do Santuário Diocesano Nossa Senhora D’Abadia de Muquém

O reitor do Santuário Diocesano Nossa Senhora D’Abadia de Muquém, padre Aldemir Franzin agradeceu, nesta quarta-feira (15/8) ao governador José Eliton e ao ex-governador Marconi Perillo, ambos do PSDB, pelas obras de infraestrutura que realizaram no distrito para melhorar o acesso e o conforto dos fiéis durante a romaria, que em 2018 completa 270 anos. “O governo estadual determinou a conclusão da obra em 10 meses e aqui está ela pronta”, disse o sacerdote, sob fortes aplausos dos milhares de católicos que tomavam a igreja.

O padre Aldemir Franzin pediu o apoio do governador na construção de um anel viário na região, no que foi prontamente atendido por Zé Eliton, que em seu pronunciamento durante a celebração disse que o governo estadual vai continuar apoiando a realização da festa, tanto com na promoção da celebração quanto com obras de infraestrutura. O governador também disse que vai determinar a realização de obras de adequação da sinalização da rodovia de acesso ao Santuário.

Acompanhado do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que concorre ao Senado, e da senadora Lúcia Vânia (PSB), candidata à reeleição, de deputados estaduais e federais e de vários prefeitos de diferentes regiões do Estado, o governador José Eliton falou sobre os esforços do Governo de Goiás para dotar o Santuário de sua infraestrutura atual, “bem diferente de há 20 anos”. “O ex-governador Marconi Perillo, teve condições de atuar fortemente para ajudar a construir o santuário”. Neste ano, o governador inaugurou o conhecido “Circuito da Fé”, que regulariza todos os investimentos na organização da festa e a “Via dos Romeiros”, extensão de 45 quilômetros.

“No ano passado eu e o ex-governador Marconi Perillo firmamos o compromisso aqui neste mesmo altar de construirmos e inaugurarmos a Via dos Romeiros. Ela está pronta e inaugurada”, recordou durante pronunciamento feito no encerramento da celebração. “Hoje é um momento para agradecermos a oportunidade de estarmos aqui renovando a nossa fé, a nossa esperança; avaliar o nosso comportamento; agradecer as graças recebidas. Fico feliz de ver que a cada ano essa Romaria cresce mais”, salientou o governador.

Os romeiros encontram apoio e suporte na longa caminhada de 45 quilômetros. São oferecidos lanches (pão com manteiga, mortadela, leite, café e suco) aos peregrinos e às pessoas de baixa renda acampadas na praça de Muquém.

O local conta com banheiros e duchas para banho; atendimentos de saúde, principalmente curativos e massagens; e um espaço de convivência, onde serão disponibilizados bancos para descanso, um amparo importante para quem enfrenta o longo percurso e até tomadas para carregar celulares.

O CAR conta com o trabalho de voluntários, funcionários da OVG e da prefeitura de Niquelândia, além da parceria de vários órgãos do Estado de Goiás e da iniciativa privada. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar dão apoio no local. O atendimento ocorre 24 horas.

Os peregrinos que participaram da Romaria de Nossa Senhora D’Abadia de Muquém contam com o acolhimento do Centro de Apoio ao Romeiro (CAR), da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). A estrutura fica no quilômetro 14, da GO-237, no distrito de Niquelândia, no Norte do Estado. A previsão é de que cerca de 50 mil pessoas sejam atendidas até o final da romaria.

Os romeiros encontram apoio e suporte na longa caminhada de 45 quilômetros. São oferecidos lanches (pão com manteiga, mortadela, leite, café e suco) aos peregrinos e às pessoas de baixa renda acampadas na praça de Muquém.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.