Recado para Caiado: “Número de empresas que sai de Goiás é de assustar”, diz Mabel

“O número de empresas que estão saindo [de Goiás] é de assustar”, diz o presidente da Fieg, Sandro Mabel, ao Jornal Opção. Segundo ele, esse movimento é silencioso, pois as empresas não anunciam que estão deixando o Estado, mas que ele é real. “Cortou o incentivo, o empresário vai embora, não tem jeito”, afirma. Além disso, segundo ele, ocorre “a diminuição da produção”, pois grandes empresas deixam de produzir aqui para fazê-lo em “outra unidade da federação que não rompeu o contrato”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.