Rafael Correa não se entregará à Justiça do Equador

O ex-presidente do Equador Rafael Correa disse que não se entregará à Justiça, após a emissão de um mandado de prisão contra ele na última terça-feira (3).

Ele é investigado por suposto envolvimento no sequestro de um opositor, o ex-deputado Fernando Balda. De acordo com o Ministério Público, Correa, que vive atualmente na Bélgica, não obedeceu a uma ordem de se apresentar à Corte Nacional equatoriana.

Segundo o antigo líder, retornar ao seu país neste momento “seria quase um suicídio”.

O ex-mandatário também se defendeu das acusações, classificadas por ele “como um plano maquiavélico e totalmente ilegal”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.