Policiais civis da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Formosa prenderam, na tarde de terça-feira (04/09), um homem de 45 anos, acusado de estupro de vulnerável. A investigação teve início em abril deste ano, ocasião em que a vítima (uma adolescente de 13 anos) denunciou o próprio pai, alegando que ele teria a embriagado e a estuprado no mês de novembro de 2017, fato presenciado pela companheira dele.

A vítima também contou que passou a morar com o pai em 2017 e relatou que sofria constantes agressões físicas com cintos, murros, tapas e chutes, possuindo, inclusive, cicatrizes no corpo, advindas das agressões. De acordo com a delegada Fernanda Lima, a menor passou por exames periciais, que confirmaram as agressões. Durante toda a investigação, ela foi assistida pelo Conselho Tutelar.

O autor já possui diversas passagens pela polícia, por crimes de violência doméstica. Em cumprimento a mandado judicial ele foi recolhido à Casa de Prisão Provisória, onde já se encontra à disposição da Justiça. Caso seja condenado, poderá pegar até quinze anos de prisão.

A delegada elogiou a atuação dos policiais civis Carlos Rafael, Cristina Balbino, Edilvan Dias, Jorge Fernando, Omolabake Arimoro e Washington Pereira, que participaram da investigação e do cumprimento da prisão.