PREFEITOS DO PDT, PP, PSDB E ATÉ DO MDB HIPOTECAM APOIO A ZÉ ELITON E MARCONI

O governador José Eliton (PSDB) recebeu, neste sábado, 4/08, o apoio formal de mais de 25 prefeitos que estão trabalhando no seu projeto de reeleição. Esses prefeitos, de diversos partidos, PDT, MDB, PP e PSDB, integravam o grupo político da deputada federal Flávia Morais (PDT), mas rechaçam integrar a aliança com Ronaldo Caiado (DEM), fechada sem consulta, ou seja, imposta, pela parlamentar e pela direção do PDT. Eles reafirmaram que permanecem na base aliada, com José Eliton e o ex-governador Marconi Perillo (PSDB), e devem participar da convenção da base aliada comandada pelo governador, neste domingo, no ginásio Goiânia Arena.

Os prefeitos do PDT afirmaram que não vão acompanhar a decisão da cúpula estadual do partido de integrar a coligação de Caiado. Eles alegam coerência para ir contra a decisão baixada pelo diretório nacional, e tocada por Flávia e George Morais, presidente da sigla. “Estamos fechados com o senhor. Somos da base, somos gratos a toda ajuda que recebemos nos últimos anos do governo. Não temos nenhuma identificação com Caiado e seu grupo”, disse o prefeito de Simolândia, Ademar Antônio da Silva (PDT) ao governador. Ademar e os outros prefeitos pedetistas afirmam que os eleitores não vão entender a aliança “de bolso de colete” arranjada pelo casal Morais.

“No meu município, o DEM é nosso adversário. Lá na minha cidade Caiado não terá palanque. Fui eleito pelo PDT porque queria e vou ficar na base aliada. Estou do lado do meu povo, estou com José Eliton e Marconi Perillo”, disse, por sua vez Divino Marques de Sousa (PDT), de Indiara. “Na minha cidade o DEM não tem palanque. Sou muito grata ao que José Eliton e Marconi fizeram pelo meu município, onde não tem um centavo ou ação do Ronaldo Caiado em benefício da população da minha cidade.”, frisou Divina Aparecida Zago Sousa (PDT), prefeita de Caturaí.

Outros prefeitos indicaram estar decepcionados com Flávia, por não poderem ter opinado sobre a aliança com Caiado, e negam pedir votos para o candidato do DEM. “A possibilidade de ser Caiado é zero. Não fui consultado pela deputada, nem por George Morais. Também não tenho mais compromisso com a reeleição da Flávia Morais”, revelou o prefeito de Aurilândia, Rubens Batista de Queiroz (MDB). “A base é muito forte. Somos quase 200 prefeitos juntos para eleger José Eliton, Marconi Perillo e Lúcia Vânia, além dos nossos deputados”, enfatizou o prefeito José de Sousa Cunha (PSDB), de Porteirão.

O prefeito de Santa Bárbara, Wagner Vaz da Silva (PP), está irritado com Flávia. “Eu fui informado da decisão do nosso partido pela imprensa”, reclama. “Deixei claro para a deputada Flávia que não vou acompanhar. Sou da base e vou trabalhar pela reeleição do governador José Eliton”, disse. “O senhor, governador José Eliton, pode contar comigo 24 horas por dia e sete dias por semana”, disse, por sua vez, Flávio Batista de Sousa (PSDB), de Mara Rosa.

“Estamos firmes com o governador José Eliton e com Marconi”, garantiu o prefeito de Araçu, Joelton Bernardo da Costa (PSDB). “Não abrimos mão de apoiar o senhor, governador, Marconi Perillo e Lúcia Vânia”, disse Alessandra Sousa Carvalho Rosa (PSDB), de Formoso.

O governador José Eliton agradeceu as declarações de apoio dos prefeitos e convidou todos para a grande festa da base aliada amanhã no Goiânia Arena, em que estarão presentes todas as suas lideranças e a militância. “Fico muito sensibilizado com a parceria e lealdade de vocês todos que acreditam e sai fiadores do nosso projeto, do projeto da base para Goiás”, disse o tucano.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.