Por falta de público, “Posse simbólica de Lula” é cancelada em Curitiba

A fanfarronice do PT não tem limites e o membros do partido anunciaram que além de desrespeitar a democracia ao boicotar a posse de Bolsonaro, fariam em Curitiba a ‘posse simbólica’ de Lula, um criminoso condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Porém, por falta de adesão da militância, o presidente municipal do PT em Curitiba acabou emitindo uma nota afirmando que não existia esta programação, confira:

Não existe “posse simbólica”. Quem está tomando posse em Brasília é o Bolsonaro. Essa é a realidade, a qual lidamos sem ilusões: vamos intensificar a denúncia da prisão política do Lula, maior liderança popular do país e condenado pelo juiz que tomará posse como “ministro da justiça” do governo Bolsonaro; vamos nos somar a todas as iniciativas de resistência que surgirão na sociedade para defender direitos, liberdades, políticas públicas e o patrimônio material e imaterial do nosso povo; construiremos uma alternativa, a partir da organização popular, para restituir a democracia e a soberania do nosso país.

Outro ‘evento petista’ de final de ano foi a ‘Virada com Lula’. Na noite do dia 31, Gleisi Hoffmann e cerca de 200 militantes petistas resolveram celebrar o ano novo do lado de fora da cadeia onde o ex-presidente está preso. Do lado de dentro, Lula passou a noite de ano novo em uma cela da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba sem receber visitas ou ceia especial.

Fonte: República de Curitiba




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.