Ponte e Atlético-GO empatam sem gols e perdem chance de chegar à liderança da Série B

Pela 10ª rodada da Série B, a Ponte Preta recebeu o Atlético Goianiense no Moisés Lucarelli. No frio da noite de Campinas, os torcedores que lá estavam viram apenas um 0 a 0, com muitas chances perdidas de ambas as equipes.

Com um ponto para cada lado, a Ponte se manteve no 2º lugar, com 19 pontos. O Atlético também se manteve no 3º lugar, com 18 pontos. Quem comemora esse resultado é o Bragantino, que ainda vai jogar na rodada e que só perderá a liderança da competição se sofrer uma goleada de cinco ou mais gols.

O jogo

Logo aos seis minutos, em uma bola levantada na área, Camilo chegou cabeceando forte e mandou a bola pela linha de fundo, assustando o goleiro Kozlinski. 12 minutos depois foi a vez do Atlético chegar. Pedro Raúl bateu de fora da área e a bola passou perto do travessão, fazendo o goleiro Ivan tentar a defesa.

A partida estava aberta no meio do primeiro tempo. Apesar da falta de chances de gol, ambos os times chegavam ao ataque. Aos 36 minutos, Mike cruzou e no meio do caminho Edson desviou, obrigado Ivan a, no susto, salvar a Ponte de sofrer o gol!

Aos 44, Gerson Magrão tentou a finalização de longe e mandou a bola pela direita do gol. O primeiro lance de perigo do segundo tempo foi com 45 segundos, quando Moacir tentou a finalização de longe e mandou a bola por cima do gol. Aos cinco, Diego Renan carregou da direita pro meio, bateu forte, de esquerda e obrigou Kozlinski a voar para salvar o Atlético!

Com 24 minutos, Diego Renan cruzou e Jonathan falhou no corte de cabeça, fazendo a bola sobrar para João Carlos dentro da área, que bateu forte mas mandou a bola pra fora. Um minuto depois Roger recebeu uma ótima bola dentro da área e bateu de primeira, mas a bola subiu demais.

Aos 33 minutos, Diego Renan desceu pela linha de fundo e cruzou para trás, achando João Carlos que bateu forte pra uma bela defesa de Kozlinski. A rebatida do goleiro para o meio da intermediária acabou achando Matheus Vargas. O meio campista tocou para Gerson Magrão, que bateu forte e de longe, deixando Kozlinski parado, torcendo para bola ir pra fora, como foi.

No último minuto Alex Maranhão bateu uma falta de longe na direção do gol, mas Kozlinski estava bem posicionado e não deu rebote.

A Ponte Preta volta a jogar na próxima terça-feira (23), quando visita o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, às 20h30. Já o Atlético Goianiense recebe o Botafogo-SP, também na terça, também às 20h30, no Antônio Accioly.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.