Polícia indicia três homens pela morte de torcedor do Vila Nova, em Goiânia

A Polícia Civil (PC) indiciou três homens pela morte do torcedor do Vila Nova Ryan Borges Nascimento de Oliveira, de 17 anos, que foi espancado a pauladas horas antes do jogo do seu time no início de novembro desse ano, em Goiânia. O delegado Marco Aurélio Euzébio Ferreira, responsável pela investigação, disse que o trio deve responder por homicídio triplamente qualificado: por motivo torpe, meio cruel e por impossibilitar a defesa da vítima. Segundo a PC, dois dos suspeitos se apresentaram espontaneamente à delegacia. O terceiro cometeu suicídio dias depois em Senador Canedo. No dia do crime, um carro parou ao lado de um grupo de torcedores do Vila Nova. Toda a situação foi registrada por câmeras de segurança. Pelas imagens, é possível ver os três autores descendo com pedaços de pau. Ryan tentou fugir, mas caiu e acabou sendo agredido e tendo a roupa rasgada. Ele chegou a ser socorrido e levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO), mas não resistiu e morreu dias depois.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.