Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em GO por fraudes no MT

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (30) a Operação Tapiraguaia. Estão sendo cumpridos 61 mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, em Goiás, Cuiabá, Confresa, Canabrava do Norte e Porto Alegre do Norte, todas em Mato Grosso, e também em Dourados, no Mato Grosso do Sul. O objetivo é investigar um esquema de desvio de recursos públicos federais na prefeitura de Confresa. A PF também cumpre a suspensão da função de agentes públicos, sequestro de bens, valores e imóveis dos envolvidos. As investigações tiveram início em 2017, a partir de fiscalização feita pela Corregedoria Geral da União (CGU) em contratos nas áreas da educação, saúde e infraestrutura referentes aos anos de 2015 e 2016. A Polícia já apurou que as empresas contratadas pela Prefeitura de Confresa, por meio de montagem de processos e direcionamento da contratação, recebiam os pagamentos superfaturados. Depois transferiam parte dos recursos para agentes públicos da prefeitura e para terceiros vinculados a esses agentes. Participam da ação cerca de 200 policiais e 14 servidores da CGU. Os mandados foram concedidos pela Subseção Judiciária de Barra do Garças. De acordo com a PF, depois da quebra de sigilo bancário foi apurado que União teve um prejuízo superior a quatro milhões de reais. Os investigados irão responder por organização criminosa, desvio de recursos públicos e crimes licitatórios.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.