Papai Noel dos Correios entrega presentes na pediatria do Hugol

As crianças internadas no Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), vítimas de traumas, não foram esquecidas pelo bom velhinho. O Papai Noel dos Correios esteve na pediatria do hospital na manhã desta terça-feira, dia 19, distribuindo brinquedos.

De acordo com a psicóloga hospitalar, Marina Novaes, essas visitas são importantes pois reduzem o impacto da hospitalização, “proporcionando um dia diferente, reduzindo a ansiedade e o isolamento causado pela internação. A ideia é trazer pelo menos um pouquinho do Natal para elas aqui no hospital”. A também psicóloga, Gabriela Vieira, complementa que a humanização do ambiente hospitalar é crucial “para que as crianças tenham essa experiência na unidade hospitalar, sem perder as comemorações dessa data tão importante”.

Cartinhas
Esse ano as crianças internadas no hospital foram incentivadas a escrever cartinhas com pedidos ao Papai Noel, dentro da campanha dos Correios. Foram 22 cartinhas com pedidos variados, como bonecas, carrinhos de controle remoto, bolas, roupas e bicicleta. Para a psicóloga hospitalar Naiara Cardoso Souza, que atua na pediatria do Hugol, “a carta que mais chamou atenção foi um pedido de material escolar, sendo que a criança se encontra afastada da escola durante todo o semestre devido ao acidente de trânsito que sofreu”.

A ação foi desenvolvida pela equipe assistencial do hospital “para proporcionar um momento descontraído, minimizando o isolamento vivenciado durante a rotina hospitalar e oportunizando um meio para a expressão de ideias, sentimentos e interesses criativos, além de resgatar a ternura das crianças e dos adolescentes, ao estimular a reflexão sobre o verdadeiro sentido do Natal”, explica a psicóloga. As cartas foram entregues aos Correios e adotadas por padrinhos.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.