‘Nunca vi exército de outro país jogar bomba de gás no Brasil’

A postura agressiva do exército venezuelano durante os confrontos ocorridos na fronteira com o Brasil, neste sábado (23), surpreendeu o coronel José Jacaúna, do Exército brasileiro.

Em entrevista à “GloboNews”, ele classificou o confronto como “lamentável”. “Eu nunca tinha visto nenhum exército de outro país jogar bomba de gás lacrimogêneo no Brasil”, disse o militar.

O militar brasileiro contou que homens da Guarda Nacional Bolivariana dispararam tiros com armas de fogo em direção ao território brasileiro, em Pacaraima (RR).

“Eles realmente extrapolaram na reação em cima dos venezuelanos que estão aqui no nosso território”, acrescentou Jacaúna.

Ao ser questionado pelo repórter Vladimir Netto se a confusão pode ser considerada um ataque ao Brasil, Jacaúna deixou a resposta para os políticos do país. “Quem vai dizer isso é o campo político. Acho que a via diplomática deve atuar fortemente contra os responsáveis por essa ação”, disse o coronel, que defendeu uma resposta mais firme.

“Não sou eu quem vai dar ordem para o Itamaraty, mas, da nossa parte, acho que uma posição firme deve ser tomada”, finalizou.

Fonte: Notícias ao Minuto




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.