Namorada diz que Rafael Miguel morreu salvando a mãe e faz revelação

Isabela Tibcherani fez novas revelações sobre a morte trágica do seu namorado, Rafael Miguel, e os pais, na tarde deste domingo (9), em São Paulo. Em entrevista a Luiz Bacci, ela disse acreditar que o rapaz foi atingido ao tentar salvar a mãe.

Aos 22 anos, ele estava disposto a proteger Miriam Selma Miguel, 50 anos, que morreu juntamente com o pai dele, João Alcisio Miguel, 52 anos. “Eu acredito que o Rafael tentou proteger a mãe dele e entrou na frente [dos disparos]”, declarou.

“Um anjo. Ele falava que ia me proteger, que ia me salvar, que ia me tirar daquela casa”, disse a moça, ainda abalada com a situação. Segundo testemunhas, os três teriam sido executados a tiros por Paulo Curpertino Matias, 48 anos, pai de Isabela.

Namorada de Rafael Miguel falou com o Balanço Geral

Em entrevista exclusiva ao “Balanço Geral SP”, de Reinaldo Gottino, a jovem de 18 anos disse que o pai, Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, planejou tudo. Ela revelou que ele tinha um ciúme possessivo e que ainda contou com o apoio da sua mãe.

“Meu pai tem um ciúme possessivo, doentio. Ele é misógino, agressor, odeia mulheres e acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar”, disse Isabella. “Ainda não consigo acreditar, mas estou me esforçando”, lamentou.

“Juro que o máximo que pensei que fosse possível era meu pai sair na mão. Mas quando eles [o casal e Rafael Miguel] chegaram, ele me mandou entrar e começou a atirar. Eu não estou com medo porque não tenho nada a perder”, explicou.

“Temo pelas pessoas que estão comigo, que estão me protegendo. Ele não atirou em mim porque não queria”, disse ela, que lamentou as críticas que vem recebendo: “Chegaram a dizer que eu estava grávida, que eles estavam indo pra esclarecer a gravidez, o que não é verdade”.

“A gente estava há muito tempo sem se ver. [Mas] nosso amor não acabou, foi uma fatalidade. A gente tinha muita fé que tudo ia acabar da melhor forma, que tudo ia se resolver e fazendo planos para morarmos juntos”, explicou.

“Tem gente falando muita bobagem. Estou me esforçando pra me manter, mas não posso parar. Vou fazer o que meu coração manda. Vou honrar a nossa  história, seguir nossos sonhos e ser uma mulher independente”, acrescentou a jovem.

Por fim, Isabela revelou que a sua mãe apoia o marido em tudo: “Minha mãe não está do meu lado, por incrível que pareça. Ela não vai ajudar as investigações, mas não vai precisar disso porque já conseguiram imagens dele. Mas se fosse pra contar com ela, eu estaria sozinha. Não quero nem vê-la”.

Fonte: RD1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.