Mulher vai cobrar aluguel na igreja de Valdemiro e acaba sendo humilhada por vários pastores

As polêmicas envolvendo o nome da igreja do Apóstolo Valdemiro Santiago não param. Desta vez, um vídeo gravado dentro de um dos templos da Igreja Mundial do Poder de Deus, mostra o exato momento em que uma mulher faz uma denúncia através de uma live no Facebook. Ela afirma que estaria no templo para cobrar o dinheiro de um aluguel, que a igreja teria alugado um de seus imóveis na cidade, mas não havia pago.

Ela afirma que foi muito maltratada pelo bispo Paulo, responsável pela igreja no estado, como também chegou a ser agredida pelo segurança da igreja, que tomou o seu celular e logo em seguida a colocou para fora do templo.

As imagens mostram o exato momento em que o segurança se aproxima e usa da força para tomar o celular da mão da mulher bem no momento em que ela iniciava a denúncia contra a direção da igreja. Ela acabou sendo interrompida e colocada para fora.

A mulher reaparece em um novo vídeo, porém, desta vez, completamente abalada e com lágrimas nos olhos. Ela já estava dentro de uma delegacia, onde havia ido para registrar uma queixa contra a igreja e o segurança que havia lhe agredido. Ela conta que os seguranças ainda tentaram fazê-la gravar um vídeo, contando que já havia recebido o dinheiro da instituição e que tudo havia sido resolvido amigavelmente.

Ela ainda conta que no momento em que foi expulsa da igreja, foi humilhada por vários pastores e que foi lançada ao meio do sol. Os seguranças não chegaram a agredi-la fisicamente, mas é notório que o psicológico dela acabou sendo afetado.

Assista ao vídeo abaixo:

Vale ressaltar, que essa não é a primeira vez que a igreja de Valdemiro se envolve em problemas relacionados a aluguéis atrasados. No ano passado, cerca de 30 templos estavam sem pagar os aluguéis, o que fez com que o apóstolo fizesse um pedido em seu programa de televisão, no qual pediu para que os fiéis fizessem doações em dinheiro para que pudesse juntar o valor de R$ 300 mil, que seria destinado as despesas dos templos em todo o país.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.