Escrivã da Polícia Civil é atropelada após cair em buraco

A escrivã da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), Jackeline Assunção da Silva, de 27 anos, morreu no final da tarde desta terça-feira (21) após ser atropelada por uma motocicleta na Avenida Castelo Branco, no Setor Rodoviário.

Segundo informações de agentes da Delegacia de Investigações de Crimes de Trânsito (DICT), Jackeline pilotava uma Honda Biz quando caiu em um buraco resultado de um bueiro de esgoto que tinha excesso de água. A motocicleta que vinha logo atrás, pilotada pelo auxiliar de produção Lasaro Luis Benício Alves, de 34 anos, passou por cima da cabeça da vítima. A policial chegou a ser atendida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), que tentou reanimá-la sem sucesso.

O marido da vítima, que atua como agente prisional, estava na garupa da motocicleta pilotada por Jackeline e sofreu apenas escoriações resultantes do tombo no asfalto. Ele foi levado para o Hospital de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) para receber atendimento.

Lasaro permaneceu no local e não foi dada prisão em flagrante. Ele deve prestar depoimento amanhã.

Fonte: O Popular




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.