Morre o ator Caio Junqueira aos 42 anos de idade

Ator estava internado há vários dias depois de sofrer um grave acidente de automóvel no Rio de Janeiro

Morreu na madrugada desta quarta-feira (23), aos 42 anos, o ator Caio Junqueira. Ele estava internado deste o dia 16 de janeiro no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, no Rio de Janeiro, após sofrer um grave acidente de carro. A notícia foi confirmada pela Record TV.

Nascido no Rio de Janeiro, Caio é filho de Fábio Junqueira (1956 – 2008) e meio-irmão de Jornas Torres, ambos também atores. Com uma carreira relevante na televisão brasileira, Caio estrelou na telinha cedo, aos 9 anos, integrando o elenco do programa humorístico Tamanho Família, na extinta TV Manchete. Já no fim da década de 1980, o ator foi para a TV Globo onde lá participou de uma extensa lista de novelas, entre elas, O Clone (2001), O Quinto dos Infernos (2002), Paraíso Tropical (2007).

Na Record TV, ganhou destaque ao integrar o remake da novela A Escrava Isaura (2004), onde interpretou o abolicionista Geraldo, melhor amigo do protagonista e que tentava salvar das visões racistas a mimada Malvina. Na mesma emissora, foi escalado para a série A Lei e o Crime (2009), os folhetins Ribeirão do Tempo (2010), José do Egito (2013), Milagres de Jesus(2014). 

No cinema, o ator fez Neto, um policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope), no primeiro filme de Tropa de Elite (2007).

O trabalho mais recente de Caio Junqueira foi na série O Mecanismo, da Netflix, de 2018.

Fonte: R7




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.