Morre na França o combatente da Resistência Georges Loinger

AFP – O famoso militante da resistência judia Georges Loinger, que salvou a vida de centenas de crianças durante a Segunda Guerra Mundial na França, morreu na sexta-feira aos 108 anos, informou neste sábado a Fundação para a Memória do Holocausto.

“Com isso, desaparece um homem excepcional, cujo combate ficará marcado nas memórias”, escreveu a Fundação em um breve comunicado.

Loinger, nascido em Estrasburgo (nordeste da França), em agosto de 1910, distinguido com títulos e condecorações como comandante da Legião de Honra, a Medalha da Resistência e a Cruz de Guerra, presidiu a Associação de Resistência Judaica da França (ARJF).

Atleta talentoso e próximo ao famoso mímico e também membro da Resistência Marcel Marceau, Loinger levou e fez passar pequenos grupos de crianças judias pela fronteira franco-suíça, salvando 350 delas do nazismo, tanto francesas como alemãs.

Em 2005, recebeu o título e a condecoração de comandante da Legião de Honra francesa, e quando perguntado sobre as suas motivações, respondeu com simplicidade que havia feito “o que tinha que fazer”.

Escreveu vários livros sobre a sua experiência, entre eles: “Les résistances juives pendant l’occupation”; “L’odyssée d’un résistant: témoignage d’un centenaire, enfant d’Alsace”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.