Ministério público pede bloqueio de bens do Flamengo para vitimas

Um incêndio no Ninho do Urubu, como é conhecido o Centro de Treinamento do Flamengo, na zona oeste do Rio de Janeiro, deixou ao menos dez mortos e três feridos nesta sexta-feira, 8 de fevereiro. As chamas atingiram o alojamento do CT na madrugada, onde dormiam atletas entre 14 e 17 anos. Toda as vítimas eram jovens jogadores da categoria de base do Flamengo. De acordo com os Bombeiros e com a Defesa Civil, o local não possuía todas as autorizações e certificados para operar. O Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro entrarão com ação para bloqueio de bens do Flamengo para garantir que todas as famílias das vítimas no incêndio sejam indenizadas pelo clube. A tragédia causa comoção em times de futebol e entre jogadores do mundo foto. As causas do incêndio vão ser investigadas pela polícia.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.