Mídia nacional repercute ação da Bandeirantes 820 que contratou o atacante Walter como comentarista

Nivaldo Carvalho, comandante das Feras do Esporte, não deixou Walter longe do futebol trazendo-o para o microfone

A mídia nacional já repercute a ousadia e também uma ação humanitária da Rádio Bandeirantes 820 AM de Goiânia, através de seu diretor de esportes, Nivaldo Carvalho, que comanda o projeto Feras do Esporte na emissora.

Nivaldo não pensou duas vezes e assim que o atacante Walter, que estava pronto para estrear pelo Goiás Esporte Clube agora no início do segundo semestre, teve sua pena por doping ampliada em mais um ano, agiu até para que a tristeza do atleta com tamanha injustiça não se tornasse algo ainda mais negativo, e o trouxe para perto de futebol de uma maneira diferente.

Walter já é comentarista esportivo da Rádio Bandeirantes 820 desde esta quarta-feira, 10/07/2019, como já destacaram vários portais nacionais de esportes, como o Portal UOL que deu destaque para esta informação.

“Minha intenção é tentar voltar o mais rápido possível ao futebol. Mas enquanto o futebol não me abre as portas quero agradecer à Bandeirantes 820 por ter me aberto as portas. Agradeço muito, agradeço à minha família também. Vim aqui mais para passar um pouco da minha experiência. Aqui não é minha praia, mas com esses monstros a gente vai aprendendo um pouquinho aqui”, disse Walter, em sua primeira vez como comentarista.

Walter está com 29 anos, e teve sua pena ampliada por mais um ano, após julgamento realizado no último dia 5, em Brasília. O atacante foi pego no exame de doping do jogo do CSA contra o Brasil de Pelotas, pela Série B, em 5 de julho de 2018. A amostra da urina acusou a presença de furosemida e metabólicos de sibutramina, substâncias encontradas em remédios para emagrecer. O jogador acertou com o Goiás no mês de maio.

No acordo, a diretoria estabeleceu metas para o atacante cumprir e ofereceu um contrato de três meses para ficar em forma. Caso alcançasse os objetivos traçados, poderia estender o contrato até o fim da temporada. Com a ampliação da pena, ele está proibido até de treinar em qualquer dependência de um clube de futebol. O jogador vai recorrer da pena lá na Suíça para tentar voltar ainda este ano e com a camisa do Goiás Esporte Clube.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.