Médium que fazia cirurgia espiritual é suspeito de 4 mortes em Goiás e Bahia

Um médium de Aparecida de Goiânia que faz cirurgias espirituais é considerado suspeito em quatro casos de homicídios e um de lesão corporal grave em pessoas que se submeteram aos seus procedimentos na Bahia e em Goiás. Antônio Miguel Rodrigues, de 53 anos, está sendo investigado pela polícia dos dois Estados, onde parentes das vítimas registram queixas desde a semana passada. As vítimas goianas são Sebastiana Peixoto Pires, de 73 anos, morta ano passado, e Raimunda Souza Matos, de 52 anos, morta em 2015 no centro espírita do médium, em Aparecida de Goiânia.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.