MBL pedirá impeachment de Toffoli por interferir na eleição do Senado

O Movimento Brasil Livre (MBL) pedirá o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli sob o argumento de que ele interferiu indevidamente na eleição para a presidência do Senado, ao determinar votação fechada.

O grupo informou que protocolará amanhã (6) no Senado o requerimento para afastar o magistrado das funções. Toffoli é o atual presidente do Supremo.

Além do MBL, assinam o documento o advogado Modesto Carvalhosa, professor aposentado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), e o movimento Vem pra Rua, que militou contra a candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL). Com informações da Folhapress.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.