Mais de 300 kg de carne imprópria para o consumo são apreendidos em Goiânia

Trezentos e oitenta quilos de carne imprópria para o consumo foram apreendidos pela Polícia Civil (PC), na manhã desta terça-feira (14), em Goiânia. Cerca de 130 quilos foram encontrados em uma fábrica de alimentos no Parque Industrial João Braz. Lá, os produtos não eram tratados com os cuidados exigidos pela fiscalização e recebiam um Selo de Inspeção Estadual (SIE) falso em nome de uma empresa que parou de funcionar. Outros 250 quilos estavam em uma casa, onde moravam produtores de espetinho. Nesse outro caso, as carnes ficavam expostas em uma varanda, sem refrigeração e perto do local onde havia fezes e urina de cães. A Operação Tira-Gosto Indigesto procurou identificar crimes contra o consumidor e as relações de consumo. A ação contou com o apoio do Procon Goiânia, Polícia Técnico Científica, Agrodefesa, Guarda Civil Metropolitana e Superintendência de Ordem Pública (Posturas). Duas pessoas que eram responsáveis pelos cuidados com os alimentos apreendidos foram presas em flagrante e soltas após pagamento de fiança. Elas vão responder a um inquérito em liberdade. A PC apresenta amanhã (15), às 10h, na Delegacia do Consumidor (Decon).




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.