Mãe e filho morrem soterrados em Barra de Guaratiba, no Rio

“Eu vivi um milagre aqui de ter sobrevivido”, desabafou Ari Ribeiro da Paz, cunhado de Isabel Paz e tio de Mauro Paz, que morreram em Barra da Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, após o desabamento da casa da família em consequência do temporal que atingiu a capital fluminense, na noite desta quarta-feira.

No local, foram resgatados Arthur e Áureo, filho e marido, respectivamente, de Isabel. Eles foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, eles estão estáveis.

Além de mãe e filho, outras três pessoas morreram durante a tempestade no Rio. A terceira morte aconteceu na Rocinha e a quarta no Vidigal, após o desabamento de um muro. A quinta vítima fatal foi uma passageira de um ônibus que foi atingido por um deslizamento na Avenida Niemeyer, em São Conrado. Por causa das mortes, a prefeitura decretou luto oficial de três dias na cidade, que está em Estágio de Crise desde às 22h15.

Ari mora perto do irmão e disse que já se preparava para dormir quando faltou luz e árvores começaram a cair no telhado da casa dele, onde só sobrou o banheiro.”A telha começou a estalar e dar sinais de que ia quebrar. Foi só o tempo de levantar e sair de dentro de casa. Apenas o banheiro ficou inteiro”, disse.

O homem contou que logo correu para a casa do irmão, onde já encontrou os parentes soterrados. “Eu comecei a gritar pedindo ajuda e dois vizinhos desceram na hora para me ajudar. O primeiro encontrado foi o Áureo, pois estava perto de mim, depois achamos o Arthur, e quando os bombeiros chegaram conseguimos achar os corpos do Mauro e Isabel”, lamentou ele. Com informações do O Dia.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.