José de Abreu é processado por causa de tuíte sobre Bolsonaro

O Hospital Albert Einstein vai processar o ator José de Abreu por causa de um tuíte em que ele acusa o hospital de ter apoiado o atentado contra Jair Bolsonaro.

Em nota, o hospital afirma que a acusação é “grave, insultuosa e infundada”. E diz ainda que vai tomar medidas judiciais contra José de Abreu para “zelar por seu compromisso com a sociedade brasileira”.

No dia da posse de Bolsonaro, o ator lulista publicou em seu Twitter o seguinte:

“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad, com apoio do hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM israelense, o fascista matador e corruptor Bibi. A união entre a igreja evangélica e o governo israelense vai dar m*.”

As informações são do O Antagonista.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.