João de Deus tem depressão e pensa em suicídio, diz defesa

Laudos médicos pedidos pela defesa do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, apontaram que ele estaria com perda de memória, perda de peso e um quadro de depressão a ponto de cogitar suicídio.

As informações são do jornal O Globo, obtidas junto à revista Veja.

João de Deus está preso preventivamente desde 16 de dezembro no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, acusado de assediar mulheres em seu centro espiritual em Abadiânia (GO).

Os laudos, segundo o jornal, foram assinados por um médico e por um psiquiatra que examinaram o médium no dia 22 de fevereiro. O objetivo da defesa é tentar conseguir sua liberdade ou ao menos uma transferência para um hospital, mesmo com os pedidos de soltura negados pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) e STF (Supremo Tribunal Federal).

Um dos psiquiatras responsáveis pelo laudo atesta que o médium “só não cometeu suicídio pois ainda tem sua filha pequena e não quer morrer sem voltar a vê-la, além de não querer ‘contrariar a Deus’”, segundo a reportagem da Veja.

O laudo também atesta que João de Deus tem apresentado higiene precária, cabelos desarrumados, barba grande e descuidada, não parece escovar os dentes e diz seu uniforme da unidade penal estava sujo e com manchas de urina. Por fim, o documento traz que o médium já teve infecção urinária e diarreia.

Desde que foi preso, João de Deus perdeu 17 quilos e só dorme com a ajuda de remédios, segundo o jornal.

Fonte: Yahoo!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.