João Campos diz que relação de Caiado e Bolsonaro com Parlamento é uma “incógnita”

O deputado federal goiano, João Campos (PRB), confirmou em entrevista à Sagres 730 na hojterça-feira (26) que há uma articulação em Brasília para que ele seja indicado líder do Governo no Congresso Nacional. As negociações para sua indicação pelo presidente Jair Bolsonaro estão sendo comandadas pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM).

Na Câmara dos Deputados o líder de Bolsonaro é o também goiano Major Vitor Hugo (PSL), estreante na política e que vem sendo muito criticado por sua inexperiência. Apesar disso, João Campos nega que sua indicação para assumir a liderança nas duas casas tenha relação com a dificuldade atribuída a seu colega. “O Congresso está começando agora, as comissões nem foram formadas. Acho precipitado criticar o deputado”, disse.

João Campos diz que falta diálogo entre o presidente da República e os parlamentares, problema que também identifica na relação do governador Ronaldo Caiado com a Assembleia Legislativa. O deputado afirma que ambos criticam a relação de toma lá dá cá entre Executivo e Parlamento, mas que não apresentam uma proposta de relacionamento alternativo. “Tudo é uma incógnita”. João Campos afirma que é necessário o diálogo, o convencimento e, no caso do Congresso Nacional, espera estabelecer essa articulação entre os dois poderes por meio da Casa Civil.

Fonte: Rádio Sagres




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.