Investigações da Operação Cash Delivery contra Jayme Rincón e Marconi Perillo vão para a Justiça Eleitoral

Juiz Federal acatou pedido de Jayme Rincón e a Justiça Eleitoral é quem julgará o processo

Por determinação do juiz federal da 1a. Vara de Goiânia, Leão Aparecido Alves, acatando pedido do ex-presidente da Agetop, Jayme Rincón, as investigações sobre caixa 2 em eleições em Goiás foram enviadas à Justiça Eleitoral.

A medida também vale para o ex-governador goiano, Marconi Perillo.

A decisão do juiz federal é baseada em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de 14 de março último, apontando que processos que têm relação com eleições devem ter tramitação na Justiça Eleitoral.

Veja aqui a íntegra da decisão sobre Jayme Rincón




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.