IML identifica todas as vítimas do incêndio no CT do Flamengo

O Flamengo divulgou nota na tarde deste domingo (10) para informar que todos os dez mortos no incêndio ocorrido no Centro de Treinamento (CT) do clube, na madrugada de sexta-feira (08), foram identificados. O Instituto Médico Legal (IML) estava com dificuldades para identificar duas das vítimas.

Os dois últimos jogadores identificados foram Jorge Eduardo dos Santos Pereira Dias e Samuel Thomas de Souza Rosa, ambos de 15 anos. Pela manhã, uma tia de Jorge Eduardo havia reclamado publicamente da demora na liberação do corpo do sobrinho.

Devido à dificuldade na identificação dos corpos, havia o temor de que a identificação só pudesse ocorrer a partir de exames de DNA, o que inevitavelmente levaria dias para se obter um resultado. Agora, todos os dez jogadores mortos estão liberados para sepultamento. Alguns deles já foram enterrados, em cerimônias ocorridas ontem e hoje.

Os demais jogadores mortos no incêndio são Arthur Vinicius de Barros Silva, Pablo Henrique da Silva Matos, Vitor Isaías Coelho da Silva, Bernardo Augusto Manzke Pisetta, Gedson Corgosinho Beltrão dos Santos, Áthila de Souza Paixão, Christian Esmerio Candido e Rykelmo de Souza Viana.

Entre os feridos estão Cauan Emanuel, de 14 anos, Francisco Dyogo, de 15 anos, e Jhonata Ventura da Cruz, que está internado em estado grave no Hospital Pedro II. Jhonata está sedado e respirando por aparelhos, segundo o último boletim médico.

Cauan recebeu alta do CTI. Segundo os médicos, o adolescente respira sem a ajuda de aparelhos e está clinicamente bem. Ele foi encaminhado para um quarto no início da tarde deste domingo. Francisco Dyogo segue no CTI. Com informações do Estadão Conteúdo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.