Ibovespa atinge os 100 mil pontos pela primeira vez na história

Depois de um mês intercalando ganhos e realização de lucros, o Ibovespa atingiu a simbólica e inédita marca dos 100 mil pontos pela primeira vez na história. Na opinião de especialistas, o rali, a partir de agora, vai ficando mais difícil, porque dependerá cada vez mais de um fluxo de notícias positivas, sobretudo na frente doméstica, para impulsionar os preços das ações.

Ainda assim, a expectativa é que o avanço prossiga: com o andamento da reforma da Previdência e um ambiente no exterior minimamente positivo para os emergentes, o índice deve perseguir patamares mais altos, perto dos 120 mil pontos, segundo os principais bancos de investimentos e corretoras.

O Ibovespa tocou os 100 mil pontos às 14h34. Às 16h10, o índice da Bolsa paulista tinha elevação de 0,78%, totalizando 99.910 pontos. O giro financeiro é de R$ 9,1 bilhões.

Entre as altas de maior destaque estão CSN ON (4,87%), Gol PN (4,53%) e JBS ON (4,04%).

Segundo Marcos Assumpção, analista do Itaú BBA, uma combinação de fatores dá suporte para o movimento do Ibovespa atualmente. O mercado continua esperando avanço na tramitação da reforma da Previdência, enquanto um cenário exterior favorável para os emergentes tira do caminho a busca por proteção e realização de lucros.

“Apesar de termos notícias negativas de revisão de crescimento do PIB [Produto Interno Bruto] mundial e também brasileiro para baixo, isso mantém a perspectiva de taxas de juros pequenas nos países desenvolvidos, que é o que importa para a renda variável, tanto aqui quanto no cenário externo”, diz.

Fonte: Valor Econômico




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.