Goiás vence o Iporá, de virada, e mantém 100% no Goianão 2019

Michael entra no segundo tempo, incendeia a partida e ajuda o Goiás vencer o Iporá, e manter os 100% de aproveitamento.

Antes da bola rolar no Estádio Ferreirão, para Iporá e Goiás, o árbitro André Luiz Castro sinalizou 1 minuto de silêncio em respeito à memória dos 10 garotos que morreram, vítimas do incêndio, no CT Ninho do Urubu.

Com a bola rolando, o time do Goiás iniciou a partida, marcando pressão no campo de ataque e sufocando a saída de bola do Iporá. No entanto, o Lobo Guará tentava encaixar um contra-ataque, para surpreender o Esmeraldino, e aos poucos ia ganhando espaço.

Com 10 minutos de partida, Iporá e Goiás faziam um jogo estudado de poucas ações ofensivas. Pelo lado do Lobo Guará, por falta de qualidade técnica e do lado Esmeraldino, por falta de entrosamento do time alternativo.

A primeira chegada com perigo da partida foi do Goiás, aos 18 minutos, chegando com Marcelo Hermes, que foi derrubado por Tiago Otti, do Iporá, que foi amarelado. Na cobrança da falta, o time do Iporá conseguiu armar um bom contra-ataque, com Wagner, que recebeu na área, mas foi travado na hora da finalização.

Depois aos 24 minutos, o Goiás chegou, novamente, com perigo ao ataque, em jogada do estreante Leandro Barcia, que driblou a marcação e sofreu falta. Com 30 minutos, o jogo foi paralisado para hidratação dos atletas.

O primeiro tempo ia caminhando pra um desfecho sem gols, no entanto aos 37 minutos, após bola alçada na área do Goiás, Wagner cabeceou e mandou na trave. O volante Recife pegou o rebote para o Lobo Guará, mas foi puxado e derrubado por Elyeser na área. O árbitro apontou a marca da cal.

Na cobrança de pênalti, aos 38 minutos, Guilherme deslocou o goleiro Sidão, e estufou as redes esmeraldinas. Foi o primeiro gol sofrido pelo Goiás na temporada de 2019, foram 488 minutos sem levar gols. Iporá 1 a 0.

Após o gol sofrido, o time do Goiás buscou o gol, levando bastante perigo ao goleiro André Luiz; como aos 46 minutos, quando após cruzamento, o atacante Brenner cabeceou por cima do gol vazio e por pouco não empatou a partida.

O árbitro acrescentou quatro minutos à partida, e aos 49 minutos encerrou a primeira etapa. Iporá 1 a 0.

Segundo tempo

O Goiás voltou, para a etapa final, com ímpeto para chegar ao empate no Ferreirão. Enquanto, o Iporá  voltou bastante recuado para a etapa final.

Aos 10 minutos o técnico Maurício Barbieri fez mudança dupla no Goiás: entrando Michael e Léo Sena, nas vagas de Elyeser e Thalles; na sequência Zé Roberto, também, fez a primeira alteração no Iporá: colocando Marcos Paulo, no lugar de Fabiano Tanque.

A recompensa esmeraldina veio aos 14 minutos, com Michael que recebeu passe de Léo Sena, se livrou da marcação e empatou o jogo. Iporá e Goiás: 1 a 1.

Porém, a virada no placar aconteceu na sequência; aos 18 minutos, Marcelo Hermes cruzou buscando Brenner na área do Iporá, mas o zagueiro Wadson se antecipou, tentou cortar e mandou contra o próprio patrimônio. E com gol contra, o Goiás virou a partida. Goiás 2 a 1 Iporá.

Após o gol da virada esmeraldina, o treinador do Iporá fez a segunda mudança no Lobo Guará, entrou Jean Carlos, saindo Guilherme.

O Goiás estava com “sede de gol” e aos 24, Michael fez boa jogada individual e finalizou com perigo à meta do Lobo Guará. Na sequência, a partida foi paralisada para a hidratação dos atletas.

Quando o jogo foi retomado, ambas as equipes promoveram as últimas alterações. No Iporá saiu Wagner, e entrou Ikaro; já no Goiás entrou o volante Geovane, na vaga de Leandro Barcia.

Aos 36 minutos, o Iporá teve um jogador expulso; após reclamar com o árbitro de falta não marcada, o volante Recife foi expulso. O final de jogo foi bastante nervoso, com seis minutos de acréscimos e descidas perigosas ao ataque do Lobo Guará buscando o empate. Porém aos 51 minutos, o árbitro apitou, pela última vez, e encerrou a partida: Iporá 1, Goiás 2.

DESTAQUES

Com time alternativo, o Goiás teve dificuldades para vencer o Iporá por 2 a 1 na tarde deste sábado (09), no Estádio Ferreirão. O Lobo Guará até largou na frente na etapa inicial, mas na etapa final, o Verdão virou com Michael e gol contra de Wadson no encerramento do primeiro turno do Goianão 2019.

PRÓXIMOS JOGOS

O Iporá volta a campo somente no próximo final de semana, domingo (17), para encarar o Itumbiara fora de casa, pelo Estadual. Já o Goiás entra em campo na quarta-feira (13) às 20h30, fora de casa, diante do Sergipe, pela Copa do Brasil e no domingo (17) às 17h faz o clássico contra o Goiânia, no Estádio Hailé Pinheiro.

FICHA TÉCNICA

Iporá: André Luiz; Tiago Ott, Luizão, Wadson e Danilo Ribeiro; Recife, Bosco, Wagner (Ikaro) e Guilherme (Jean Carlos); Bruno Menezes e Fabiano Tanque (Marcos Paulo). Treinador: Zé Roberto

Goiás: Sidão; Ratinho, Fábio Sanches, David Duarte e Marcelo Hermes; Gilberto Júnior, Elyeser (Michael) e Thalles (Léo Sena); Leandro Barcia (Geovane), Marcinho e Brenner. Treinador: Maurício Barbieri

Cartões Amarelos: Tiago Ott, Recife e Bruno Menezes (Iporá); David Duarte e Brenner (Goiás)

Cartão Vermelho: Recife (Iporá)

Gols: Guilherme (Iporá) aos 38 minutos/1º Tempo; Michael (Goiás) aos 14 minutos/2º Tempo, Wadson (contra – Iporá) aos 18 minutos/2º Tempo

Árbitro: André Luiz Castro

Assistentes: Adaílton Fernando e Julio César Faleiro




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.