Goiás na Frente: 62 prefeituras recebem 14,2 milhões

O governador José Eliton reuniu prefeitos de 62 municípios na manhã desta quinta-feira, dia 05, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, para entregar novas parcelas do programa Goiás na Frente, no valor de R$ 14,2 milhões, com os quais assinou 86 novos contratos. Ficou patente na solenidade que o Goiás na Frente é considerado um marco na história da política de Goiás, por quebrar paradigmas e colocar do mesmo lado situação e oposição, com o propósito de construir um Estado que cresce acima da média nacional.

“Nós estamos celebrando um programa estratégico para o Estado de Goiás, independente da cor partidária do prefeito, porque trabalhamos com compreensão”, destacou o governador. José Eliton estava acompanhado de prefeitos e vice-prefeitos, de deputados estaduais e federais e secretários que mostraram compreender a grandeza do Goiás na Frente. “Estamos avançando sem parar, respeitando a todos, fazendo a política da convergência, do respeito a todos”, frisou.

O governador anunciou aos deputados presentes que os recursos das emendas parlamentares, mais de R$ 20 milhões, serão pagos pela Secretaria da Fazenda (Sefaz), de hoje até amanhã, “como forma de obras e benefícios ao cidadão”.

O titular da Secretaria de Governo, João Furtado, responsável pela celebração dos convênios com os prefeitos, comemorou o fato de o governo trabalhar “com foco nas pessoas e, por isso, cumprindo uma determinação do governador José Eliton, de avançar sem parar com o Goiás na Frente, com o dinheiro já na conta para mais 62 prefeituras”.

Prefeito de Porangatu, Pedro Fernandes, representando os demais, disse que o Goiás na Frente é essencial para que consigam resgatar compromissos com suas comunidades e que “Governo do Estado demonstra dessa forma que é solidário a todos os prefeitos de Goiás”.

Goiás na Frente

Os repasses do Goiás na Frente alcançam a marca de 398 convênios assinados com 218 municípios goianos. Dos recursos pactuados, no valor de R$ 384 milhões de convênios assinados. O programa é o Plano de Investimentos do Governo do Estado, com obras definidas para o biênio 2017 e 2018.

Os investimentos totais são da ordem de R$ 9 bilhões, sendo R$ 6 bilhões em recursos públicos e R$ 3 bilhões em recursos privados.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.