Goiás e Chapecoense buscam reencontro com a vitória no Serra Dourada

Disputando posições no meio da tabela do Campeonato Brasileiro e buscando o reencontro com a vitórias, Goiás e Chapecoense encerram a oitava rodada da Série A nesta segunda-feira. No Estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 20h (de Brasília), os Verdões terão também um duelo de reencontros no banco de reservas entre Claudinei Oliveiras e Ney Franco.

Atual treinador do Goiás, Claudinei esteve à frente da Chapecoense até março deste ano, quando deixou a equipe catarinense após uma derrota para o Joinville no Estadual. Já Ney Franco, hoje na Chape, foi o comandante responsável pelo acesso do Esmeraldino à elite nacional em 2018. Agora, ambos irão se reencontrar dirigindo os antigos rivais.

Dentro das quatro linhas, a busca é por recuperação de ambos os lados. Depois de “folgar” na sétima rodada, quando enfrentaria o Corinthians, e contar com um bom período de treinamentos, o Goiás terá o importante retorno de Léo Sena, recuperado de uma lesão muscular sofrida contra o Botafogo. Ainda assim, o discurso dentro do Esmeraldino é de que a pausa também “prejudicou” o time.

Para o treinador Claudinei Oliveira, a ausência de jogos foi, sim, prejudicial, haja visto que os atletas perderam o ritmo e findaram uma sequência que, apesar da derrota no último compromisso, tinha saldo positivo, com bons resultados e apresentações consistentes.

“De certa forma, acho que não ter tido jogo foi até prejudicial. Você perde o ritmo de jogo. Vínhamos numa sequência boa, jogamos na segunda-feira (dia 27 de maio) e o ideal seria jogar no domingo seguinte, dia 2. Os jogadores perderam esse ritmo de competição, que estava muito bom. Nos treinamentos, buscamos trabalhos que geram essa competição. Mas o ideal seria ter jogado”, disse o comandante.

Na Chapecoense, Ney Franco também tem o objetivo de recolocar o time no caminho dos triunfos. Isso porque a equipe catarinense vem de derrota para o líder Palmeiras jogando dentro de seus domínios. Para o compromisso dessa segunda, Douglas, suspenso pelo cúmulo de cartões amarelos, Eduardo, em recuperação de uma cirurgia, e Caique Sá com dores musculares, serão desfalques.

Quem pode retornar ao time, porém, é o atacante Rildo. Depois de sofrer com um edema na coxa e ficar de fora dos últimos treinamentos, o jogador pode ser uma novidade na escalação. No último treino antes da partida, no domingo, os jogadores realizaram uma atividade tática, em campo reduzido. Depois, o elenco trabalhou finalizações e bolas paradas.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X CHAPECOENSE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: Segunda-feira, dia 10 de junho de 2019
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

GOIÁS: Tadeu; Daniel Guedes, David Duarte, Yago e Jefferson; Geovane, Léo Sena e Giovanni Augusto; Michael, Kayke e Leandro Barcia
Técnico: Claudinei Oliveiras

CHAPECOENSE: Tiepo; Bryan, Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos, Campanharo e Camilo; Everaldo e Arthur Gomes.
Técnico: Ney Franco




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.