Gleisi diz que Jesus não morreu por nossos pecados e revolta cristãos

“A ressurreição está nos que lutam: índios, sem-terras, pobres, trabalhadores, as verdadeiras causas do Cristo ressuscitado”, dizia o texto na imagem publicada por Gleisi Hoffmann.

A negação de que a vida e ministério de Jesus, e sua morte na cruz tenham ocorrido pelo propósito de reconciliar o homem com Deus através da expiação dos pecados é uma das evidências de que, para a militância de esquerda, tudo deve ser usado em prol de sua causa política.

A deputada paranaense, que responde a três inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), também compartilhou um artigo escrito pelo frade Alberto Maggi e traduzido por Francisco Cornélio no portal Brasil de Fato, falando que “Jesus não morreu pelos ‘nossos pecados’ e sim por enfrentar o sistema”.A tentativa do Partido dos Trabalhadores (PT) de se aproximar do público evangélico, visando reverter o quadro que levou à derrota nas últimas eleições levou a deputada federal Gleisi Hoffmann, presidente da legenda a negar o propósito da morte de Jesus Cristo o que revoltou muitos cristãos.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.