Gilmar Mendes afirma que nada salvará a candidatura de Lula

Contrariando a narrativa petista de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá concorrer ao pleito presidencial neste ano, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes declarou à Folha de S. Paulo:

“Acho muito difícil nesses casos de grande visibilidade, porque isso envolve a autoridade da Justiça Eleitoral. Em geral, a nossa orientação tem sido a de acelerar esses processos, para evitar uma chicana.”

Sobre a possibilidade de Lula garantir a candidatura por meio de uma liminar, respondeu:

“O Supremo já declarou várias vezes a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa. Não me parece que haja essa possibilidade.”

Lula está condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Falta apenas o recurso dos embargos de declaração para que a pena, de 12 anos e 1 mês de prisão, seja executada.

As informações são da Folha de S. Paulo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.