Funcionários cortam energia elétrica de facção criminosa e são executados

Dois trabalhadores foram executados após cortarem energia elétrica em um “local proibido”. Na manhã desta terça-feira (15), João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva, que são funcionários da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), foram mortos no Sítio Natureza, nas proximidades do Maiobão, em Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.

As vítimas foram assassinadas a tiros dentro do veículo, um Fiat Uno, de cor branca, com a logomarca da empresa, enquanto trabalhavam. A motivação do crime pode ter sido o corte da energia na casa de um integrante da facção.

De acordo com informações preliminares, os responsáveis pela execução seriam pessoas que são de uma facção criminosa que atua na localidade.

Em nota, a Cemar afirmou que está colaborando com as informações.

Fonte: Diário Online




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.