Fim de semana registra quatro mortes com motocicletas em Goiás

Os acidentes com motocicletas não param de fazer de fazer vítimas. Só nesse fim de semana a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou quatro mortes nas rodovias federais que cortam Goiás. O último caso foi registrado na tarde desta segunda-feira (13), na BR-060 entre Rio Verde e Jataí. Um homem de 42 anos bateu contra a traseira de um caminhão. A polícia informou que nos pertences dele foi encontrada uma garrafa de bebida consumida pela metade, o que levanta a suspeita dele estar alcoolizado. Na noite de ontem (12), um casal morreu na BR-414 no perímetro urbano de Niquelândia. De acordo com informações de testemunhas, o piloto e a passageira que têm em torno de 45 anos, foram vistos durante o dia ingerindo bebidas alcoólicas. O motociclista não tinha carteira de habilitação e era deficiente auditivo. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. Já a mulher, morreu antes da chegada do socorro médico. O primeiro acidente aconteceu na sexta-feira à noite. A vítima, um idoso de 60 anos que bateu contra um carro na BR-153, em Nova Glória, na região central do Estado. Segundo a PRF, depois da batida, o motociclista foi arremessado para fora da pista e também morreu na hora. Durante uma fiscalização da PRF na sexta-feira direcionada às condutas de motociclistas na grande Goiânia foram flagradas 338 infrações de trânsito. A ação fez parte do calendário de atividades do movimento Maio Amarelo. O objetivo é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos em acidentes de trânsito. Nos últimos cinco anos 200 pessoas morreram e mais de 4.300 ficaram feridas em acidentes envolvendo motos somente nas BRs que passam por Goiás.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.