Filha do diretor de ‘Velozes e Furiosos’ acusa o pai de abuso sexual

Valkyrie Weather, de 32 anos, denunciou o pai, o diretor e produtor de dezenas de filmes, entre eles ‘Velozes e Furiosos’ e ‘Triple X’, Rob Cohen, por abuso sexual, de acordo com informações da QUEM.

“Quando eu era muito nova, Rob usou meu corpo para sua gratificação sexual. Minha mãe testemunhou um dos abusos quando eu tinha entre 2 e 2 anos e meio, e confirmou o que viu”, escreveu ela em parte de um post no Facebook.

Segundo a QUEM, em entrevista ao portal ‘The Hollywood Reporter’, Valkyrie explicou que sempre teve uma “vaga consciência de que tinha sido abusada”, mas lembrava mais da “dor, a memória do lugar e do tempo, de estar ali, no banho”, e “que era tão doloroso que não consegui verbalizar isso por muito tempo”.

A mãe de Valkyrie, Diane Mitzner, primeira mulher de Rob, confirmou o abuso, negado pelo diretor, que disse ser “categoricamente não verdadeiro”.

Confira a denúncia de Walkyrie no Facebook:

Reprodução/Facebook“Meu nome é Valquíria Weather, nascido Kyle Cohen, a filha mais velha e  trans do produtor/diretor de cinema Rob Cohen (Velozes e Furiosos, Triple X, De Olho No Furacão e tantos outros). Quando eu era muito jovem, Rob usou o meu corpo para a sua própria gratificação sexual. Minha mãe testemunhou uma das agressões quando eu tinha entre 2 e 2 anos e meio de idade, e desde então confirmou o que ela viu. Este fato me custou mais do que eu poderia transmitir aqui. Rob também violou pelo menos uma outra mulher, no seu sono. Eu sei disso porque ele ocasionalmente contava essa história como uma piada.Presumivelmente em um esforço para me transformar no filho hétero que ele queria que eu fosse, Rob me levou para ver trabalhadores do sexo e estabelecimentos na Tailândia e a República Checa, começando quando eu tinha apenas 13/14 anos de idade. Através da terapia e do apoio de entes queridos, já não sinto que devo a este homem qualquer lealdade.E graças ao movimento #metoo, eu encontrei a vontade de falar. Enquanto o Rob vai, provavelmente, , fugir da Justiça Penal, exijo que a minha história seja ouvida. Eu não procuro restituição financeira, nem  tenho uma carreira para promover. Minha maior esperança é que outros que foram feridos por Rob Cohen sintam que eles são capazes de se apresentar também”.

Fonte: ISTOÉ



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.