Família procura três irmãs desaparecidas há 2 dias em Aparecida de Goiânia

Três irmãs estão desaparecidas há dois dias, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Pai de duas das meninas e padrasto da terceira, o pedreiro Diego Silva dos Santos, de 33 anos, contou que a família está desesperada a procura das adolescentes.

Vitória Fernandes Lopes, de 17 anos, Maria Eduarda Fernandes dos Santos, 13, e Ana Caroline Fernandes dos Santos, 12, foram vistas pelos parentes pela última vez no sábado (20). Segundo o pai, quando ele acordou as três não estavam mais na casa.

“Vi a porta aberta e quando olhei nos quartos elas não estavam lá. A gente está sem chão, não sabemos o que fazer. A Maria Eduarda chegou a ligar dizendo que estavam em Inhumas e que não queriam mais voltar, mas ela estava chorando muito, não sabemos se tem alguém forçando ela a dizer essas coisas. Logo em seguida a ligação caiu e não conseguimos mais falar”, contou o pai.

O pedreiro contou que não sabe o que pode ter acontecido ou como as filhas sumiram. Ele conta que está muito preocupado com as adolescentes e em especial com Maria Eduarda, que toma remédios controlados.

“Há uns dois ou três anos atrás ela começou a ter convulsões. Levamos ao médico e ele prescreveu uma medicação para evitar que ela desenvolvesse esquizofrenia, então ela precisa tomar os remédios para não ter convulsão”, completou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.