Ex-policial federal e pastor são presos durante operação do MP

Um ex-policial federal e o pastor de uma igreja foram presos preventivamente durante uma operação deflagrada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), na manhã desta quinta-feira (08). A dupla é suspeita de coagir uma testemunha da Operação Poltergeist, realizada em 2014, que apurou a contratação de “funcionários fantasmas” na Assembleia Legislativa de Goiás. Três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na residência de um deputado estadual. Os presos serão ouvidos ainda hoje pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Goiás, e encaminhados à Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.