Ex-marido de Bianca Toledo é absolvido pela justiça das acusações feitas por ela

A batalha judicial entre a escritora e palestrante evangélica Bianca Toledo e seu ex-marido, Felipe Heiderich, chegou ao fim.

Bianca Toledo afirmou em 2016 que havia sido traída por Felipe, alegou que ele é homossexual, e denunciou que ele havia abusado de seu filho, José Vittorio, fruto de um casamento anterior dela, e que na época tinha apenas 5 anos.

O caso foi parar na justiça, e Felipe Heiderich chegou até a ser preso, mas acabou ganhando o direito de responder em liberdade, após impetrar um habeas corpus.

Sempre se declarando inocente, Felipe Heiderich acabou sendo absolvido pela justiça no último dia 03 de abril. O trecho da sentença onde o juiz Tiago Fernandes de Barros, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, declara a inocência de Felipe foi publicada pelos advogados do mesmo nas redes sociais.

Também por meio das redes sociais, Felipe Heiderich comentou o episódio, e disse que agora conseguia seguir a vida em paz: “Quanto tempo eu esperei por isso! Depois de quase 3 anos de dor e sofrimento, tanto o Ministério Público pediu minha absolvição, como o juiz acaba de decretar que eu sou completamente inocente de tudo que me acusaram”, diz ele no vídeo publicado.

Ele também disse que o único desejo dele agora, 25 kilos mais magro por conta do estresse causado pelo processo, é estar perto de sua família.

“Eu só quero abraçar minha família e poder sair na rua, de cabeça erguida, dizendo ‘olha só, era tudo mentira, e agora eu tenho como provar, vocês não precisam só acreditar na minha palavra, eu tenho as provas de que eu sou completamente inocente de tudo que me acusaram”, revelou.

Bianca Toledo, no entanto, disse que a decisão proferida pela justiça pela absolvição de seu ex-marido não reflete a verdade, e que só confia na justiça de Deus, pois a dos homens é falha. Indicando que ainda acredita que Felipe é culpado de tudo que foi acusado.

“Acredito na justiça de Deus. A justiça dos homens é falha. Ainda mais aqui no Brasil, onde casos hediondos demoram 3 anos para serem julgados e ainda falham por falta de flagrante. Estamos em paz com nossa consciência”, escreveu em resposta a pergunta de um seguidor.

Em outra publicação, Bianca Toledo diz que não deseja prosseguir com o processo, mas simplesmente que Felipe Heiderich pare de mentir, segundo ela.

“Nós não temos nenhum desejo de vingança, do fundo do coração somente desejo que ele se arrependa e não minta mais. A justiça no Brasil é falha, a de Deus não”, concluiu.

Fonte: Portal do Trono




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.