Ex-diretores de abrigo para idosos são suspeitos de desviar bens e renda de internos em Inhumas

Dois ex-diretores de um abrigo para idosos são suspeitos de desviar bens e a renda dos internos, em Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia. De acordo com o Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO), eles se apropriavam das doações destinadas à instituição e já foram detidos por crimes contra os pacientes, encontrados em situação de vulnerabilidade no local.

O Lar Rainha da Paz atende cerca de 40 idosos, em Inhumas. As irregularidades na instituição são investigadas pelo promotor de Inhumas Mário Caixeta, da 3ª Promotoria de Justiça de Inhumas, com a ajuda do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e o Centro de Inteligência do MP-GO.

Na sexta-feira (24), foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa dos dois suspeitos, em Aparecida de Goiânia, também na Região Metropolitana, onde foram encontrados vários donativos, como cobertores, além de dezenas de documentos pessoais dos idosos. O MP-GO apura se a documentação era usada para o saque irregular de dinheiro da conta dos internos.

Fonte: G1 Goiás



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.