Ex-assessor de José Dirceu é preso pela PF

No Rio de Janeiro, os agentes prenderam o economista Marcelo Sereno, que é ligado ao PT. Sereno já foi assessor especial do Ministério da Casa Civil durante o governo Lula, na época que José Dirceu era ministro da Casa Civil e depois ocupou cargo de secretário nacional de comunicação do partido. A Operação Lava-Jato mira, pela primeira vez no Rio de Janeiro, os fundos de pensão. Uma investigação sobre fraudes nos fundos Postalis, dos funcionários dos Correios, e Serpros leva a Polícia Federal (PF), nesta manhã de quinta-feira (12/4), a endereços no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Distrito Federal para cumprir 10 mandados de prisão preventiva e 21 mandados de busca e apreensão. Entre os presos está o empresário Arthur Pinheiro Machado, detido em São Paulo. Apontado como operador e criador da Nova Bolsa de Valores, Arthur Pinheiro buscou em Brasília o operador Milton Lyra, que é investigado em diversas fases da Lava-Jato e que trabalharia com Renan Calheiros.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.