Estudante se revolta com promoção por merecimento de oficial que o agrediu em 2017

O estudante Mateus Ferreira, vítima de violência na Praça dos Bandeirantes em manifestação no ano de 2017, revoltou-se com a promoção por merecimento do policial agressor a major da PM.

O ato foi assinado pelo governador Ronaldo Caiado e divulgado nesta segunda-feira, 16/05.

Mateus usou as redes sociais para questionar o governador Ronaldo Caiado sobre a promoção por merecimento do policial que o agrediu. Confira!

 

“O policial quase me assassinou e agora é promovido por merecimento”, postou Mateus indignado nas redes sociais. Ao promover o oficial Sampaio, a mensagem que o governador passa   é  que a polícia está acima da lei e quem passa por cima dela a serviço do Estado será premiado. O verdadeiro inimigo do povo tem nome e é Ronaldo Caiado.”

“O interessante é que a lei 8000/1975 proíbe promoção a oficial que responde a inquérito por crime ou denuncia pelo mesmo motivo. E mesmo assim o oficial foi promovido. Sr governador @ronaldocaiado, é assim que trata Supostos criminosos nesse Estado? Premiando-os? Um PM que responde a dois processos judiciais. Uma agressão gravíssima que quase tirou minha vida.”

A defesa do estudante Mateus Ferreira estuda uma maneira de questionar na justiça a promoção do PM Sampaio a Major. A PM, em nota, informou que apesar dos dois processos, não há nenhuma condenação ao policial e que por isso sua carreira segue o curso normal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.