Empresário que comprou Porsche ao receber R$ 18 milhões por engano diz que pagou carro com dinheiro próprio, em Goiânia

O empresário Guilherme Moreira, que comprou um Porsche logo depois de receber R$ 18 milhões por engano na conta, disse à Polícia Civil (PC), em depoimento, que pagou carro com dinheiro próprio. Ele foi ouvido hoje (15), em Goiânia, pelo delegado Kléber Toledo e explicou que o valor que ele usou para pagar o carro era da venda de parte do restaurante que ele tem. O veículo está avaliado em aproximadamente R$ 280 mil. Segundo as investigações, entre os dias 26 e 27 de dezembro, uma falha no sistema do banco fez com que o empresário recebesse a quantia por engano. Guilherme Moreira não chegou a ser preso, mas está sendo investigado por apropriação de coisa havida por erro e por lavagem de dinheiro. Somadas, as penas podem chegar a 11 anos de prisão. Com informações do G1.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.